Faça parte da rede aqui!
Fique por dentro das últimas notícias, eventos, debates e publicações científicas mais relevantes.

Artigo em destaque: “O eufemismo das boas práticas ou a prática avançada de enfermagem”

Artigo teórico-reflexivo publicado em junho deste ano discute as práticas da enfermagem na atenção primária e como o enfoque das boas práticas no processo de cuidado e da Prática Baseada em Evidências suporta as discussões sobre a Prática Avançada da Enfermagem.

As autoras Tosso, Padilha e Breda (2019) destacam que levando em conta que existe sobrecarga de trabalho e dificuldade para realizar ações complexas na atenção primária, a implementação de estratégias de boas práticas no cuidado é fundamental. Precisa- se de educação permanente, formação, capacitação, uso de protocolos de cuidado e práticas de enfermagem baseada em evidências.

Sobre a inserção da Prática Avançada em Enfermagem no Brasil as autoras recomendam cautela porque isto afeta não só as práticas dos enfermeiros, mas também as de outras profissões que já têm se manifestado contra.  Além disso, para a implementação da Prática Avançada em Enfermagem recomenda se que o profissional tenha mestrado ou doutorado.

No nível internacional existem propostas para que a Prática Avançada em Enfermagem seja ampliada nos diferentes países. O Reino Unido participa da campanha Nursing Now, que pretende que o enfermeiro desenvolva todo seu potencial para contribuir para a solução de problemas de saúde da população; a OPAS propõe a Prática Avançada em Enfermagem para a região com enfermeiras com formação de mestrado para trabalhar na atenção primária com usuários com doenças agudas leves e crônicas, enfermeira gestora de casos e enfermeira com práticas avançadas em obstetrícia para a tenção das gestantes.

No Brasil, o COFEN e a Universidade de Brasília estão desenvolvendo a pesquisa “Práticas de Enfermagem no Contexto da Atenção Primária à Saúde (APS): Estudo Nacional de Métodos Mistos” que pretende identificar experiências de boas práticas e de práticas avançadas.

As autoras concluem que é necessário juntar o conhecimento produzido nas boas práticas e na prática baseada na evidência para contribuir com a discussão sobre implementação da Prática Avançada de Enfermagem no Brasil. Além disso, também indicam que será necessário melhorar a qualidade da formação em enfermagem, regulamentar o papel da Prática Avançada de Enfermagem e realizar acordos com os órgãos governamentais, os conselhos profissionais e os profissionais, sobre o processo de regulação, a formação e o espaço de atuação na perspectiva da prática avançada.

Por Diana Ruiz e Valentina Martufí – doutorandas que contribuem para a REDE APS

Referências

TOSO, Beatriz Rosana Gonçalves de Oliveira; PADILHA, Maria Itayra; BREDA, Karen Lucas. O eufemismo das boas práticas ou a prática avançada de enfermagem. Esc. Anna Nery, Rio de Janeiro ,  v. 23, n. 3,  e20180385,    2019 .   Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-81452019000300206&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em 12 ago.  2019.

 

Rede APS

Você deve estar logado para postar um comentário

%d blogueiros gostam disto: